terça-feira, 4 de novembro de 2014

O diálogo


Hoje fui passear, fui por aí simplesmente, sem destino, sem rota definida acompanhada das crianças e do marido. Conversámos sobre a nossa vida, o nosso rumo, os nossos quereres, nossas vontades. Aliais, isto é algo que gostamos de fazer com frequência, conversar sobre tudo e sobre nada, sobre o passado, o presente e o futuro. Estes passeios, estas longas conversas ocorrem, algumas vezes, de há algum tempo para cá, de uma maneira especial... dentro do carro, porquê? Porque é o único momento que temos a certeza que, se tudo correr normalmente... temos as duas crianças a dormir, ao mesmo tempo, no banco de trás :)

Uma boa noite a todos.

comentário(s) pelo facebook:

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe a sua opinião! Obrigada :)