quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Um pelinho aqui, outro ali... Que tortura!

Hoje vi uma postagem no blog A Pipoca mais Doce que falava de uma nova moda, não se depilar e pintar os ditos cujos.



Da mesma maneira que não critico quem se depila ou não, isto cada um faz o que quer da sua vida, também o facto de os pintar não é relevante para mim. Eu faço depilação e gosto, bem, não de o fazer, aliais para mim é uma tortura pior que parir, mas sinto-me bem após. Uns referem a higiene como causa para se depilarem mas não concordo, afinal se nascemos com eles (ou crescem durante da puberdade) não nos haverão de fazer tão mal assim, ou ser sinónimo de higiene ou não. Eu confesso, embora pense que o natural seria ter pêlos, até pela temática central do blog, eu faço pela estética mesmo, para me sentir bem.

Vi muitos comentários a criticar esta prática, ou pelo contrário, a apoiar, no entanto,  penso que é importante compreender que muitas das coisas que fazemos têm a ver com moda ou com cultura e não seriam normais se vivêssemos todos no meio do mato. Por isso, NÃO é natural depilar, no entanto também NÃO é natural pintar os pêlos e andar por aí de braço no ar só para chocar o mundo. Enfim, cada cabeça sua sentença.

Tenho amigas que não se depilam, não lhes choca a elas, aos maridos também não, porque carga de água haveria de me chocar a mim? Da minha parte, vou continuar adepta da depilação simplesmente porque me faz sentir bem.

comentário(s) pelo facebook:

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe a sua opinião! Obrigada :)