sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Receita de esparguete sem glúten com cogumelos (AQUELA comida de conforto)

Ontem ao almoço estava naqueles dias do "apetecia-me algo". Tinha andado a ver umas coisas de manhã para um novo projeto que mais dia menos dia conto-vos, a imaginar um menu para um evento que vai decorrer nos próximos dias e, como não podia deixar de ser, a fazer as lides domésticas e a brincar com a criançada. Sentia que necessitava de reforçar as baterias e nada melhor para isso que um reconfortante dirty esparguete carregadinho de molho cremoso. E antes que se levantem as questões, sim, podem comer se estão a fazer o desafio, sim, é muito bom e parece que estamos a transgredir algumas regras da dieta e não, o melhor de tudo é que não estamos :D.






Ingredientes:
- 250 g de esparguete sem gluten (pode ser de milho ou de arroz, o que tiverem acesso)
- 200 g de cogumelos frescos laminados
- 200 g de milho doce
- 1 fio de azeite
- Pimenta preta moída q. b.
- Sal q. b.
- natas de arroz (fiz caseiras mas também podem ser de soja para quem consome soja)
- 1 colher de sobremesa de pimentão doce em pó
- 1 pitada de piripiri
- 3 colheres de vinagre de ameixa
- 1 cebola bem picadinha
- Salsa picadinha (não deitei mas ia ficar muito bem mesmo)

Modo de fazer:
- Aquecer água numa panela até ferver (uma boa quantidade, muito maior que a da massa). Quando estiver a ferver, temperar com sal e colocar a massa. Como é esparguete, é importante ter o cuidado de só deitar com a água a ferver e num ângulo de 90º (empinada e não deitada em molhos) de modo a que os fios se separem bem e vocês não fiquem com "blocos de massa".
- Depois de a massa já estar toda dentro de água e estar a ferver alguns segundinhos, mexer  para separar os fios. Deixar cozinhar por menos dois minutos que o tempo indicado na embalagem.
- Enquanto o esparguete coze colocar a aquecer numa panela ou num wook (onde quiserem, desde que vá ao lume) um fio de azeite. Quando estiver quente colocar a cebola e metade dos cogumelos laminados e salteá-los muito bem. 
- Acrescentar o sal, a pimenta, o piripiri, o vinagre de ameixa e o pimentão doce em pó e continuar a saltear.
- Depois deitar o milho doce (eu usei enlatado mas também pode ser congelado ou fresco na altura dele) e os restantes cogumelos.
- Quando já estiver tudo douradinho, acrecentar as natas, mexer até uniformizar e começar a ferver. Apagar.
- Escorrer a água da massa e colocar este molho cremoso dentro da massa envolvendo muito bem os dois. Salpicar com salsa picada e servir com uma simples salada.

comentário(s) pelo facebook:

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe a sua opinião! Obrigada :)