quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

E está a chegar outra vez o Carnaval

Nunca me atraiu muito esta coisa do Carnaval. Sou daquele tipo de pessoas que não gosta de palhaços ou mesmo de outras máscaras, gosto de olhar nos olhos, de saber com quem estou a falar.  Mas pensando nisso, se calhar é porque cresci, já não sei me divertir como uma criança, brincar, fazer de conta, viver o Carnaval. Quando era criança, lembro-me que gostava, mas nunca me disfarcei, sei lá, de princesa como tanto gostaria, mas sim de outras coisas quaisquer iguais a tantos outros. Moramos num local que antes era um pouco isolado, então as compras nesse sentido eram um pouco limitadas e a minha mãe também não tinha criatividade para mais. A minha criatividade também não é das melhores mas quando isso acontece, quando me deparo com um desafio, é altura de arregaçar as mangas e disso sim eu gosto. 

Cá em casa, apenas começámos a (re)comemorar esta época há um ano quando a pimpolha já havia nascido. No ano passado dei conta do recado, vamos lá ver como corre este ano. Se é para se disfarçar, fazemos nós o disfarce, a beleza do carnaval está um bocado nisso ou não? É bom ser diferente, marcarmos com aquilo que gostamos, que nos faz sentir bem.

No ano passado, fiz o disfarce de Carnaval da pequena (ohhh, coisa difícil bailarina, hehe) com sapatilhas de ballet e tudo. Ela ainda não escolhia, eu optei pelo mais fácil. Também só tinha ela, não
havia mano mais novo nem blog para cuidar. Este ano foi ela que escolheu o dela e o do mano, Minnie e Pato Donald, respetivamente, e claro, a mamã tentará dar o seu melhor e arranjar um tempinho para a máquina de costura.


Observação: Ela escolheu estas duas personagens porque pertencem aos desenhos animados que ela costuma ver ao fim de semana. O pai e a mãe ainda não sabem se se vão disfarçar, mas porque não?

comentário(s) pelo facebook:

4 comentários:

  1. Olá!

    Pessoalmente, também não acho muita piada ao Carnaval. Mas adoro ver as crianças mascaradas! Acho fantástico fazer o disfarce de Carnaval dos filhos! Foi a minha avó que fez todos os disfarces de Carnaval que usei desde o infantário até à primária! Hoje, são recordações!

    Segui o blog, espero vê-la pelo meu em: www.mariajoaogc.blogspot.com

    Beijinhos,
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, sim realmente é mesmo mais aquela coisa de fazer coisas juntos, criar recordações. Adorei essa da avó, espero que daqui a uns anos os meus filhos falem também com essa nostalgia :) Beijinhos e e obrigada pelo comentário.

      Eliminar
  2. Oh é super giro disfarçar, mas também não gosto de coisas rebuscadas. Simplicidade e originalidade!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Daniela, sim realmente o melhor é optar pelo simples, até porque eu não tenho mesmo jeito nenhum para fazer coisas mais elaboradas, eheh. Já estive a pensar em como vou fazer, vamos lá ver como corre, o que interessa é estarmos juntos (já reservei um dia com o marido também) e brincarmos bastante :) Obrigada pelo comentário e espero que vá passando por aqui. Beijinho.

      Eliminar

Deixe a sua opinião! Obrigada :)