quarta-feira, 7 de outubro de 2015

As primeiras vidimas

Há algum tempo partilhei uma fotografia das nossas uvas biológicas. Eram pouquinhas mas bem docinhas. Setembro chegou (bem, se calhar esta publicação vem já um pouco tarde, ahah) e com ele a saudade de uma época diferente.Todos os anos o meu avô fazia vinho e, todos os anos, alguns familiares se juntavam para apanhar aqueles cachos luzidios e doces, conversar, beber, comer, enfim celebrar a vida. Lembro-me perfeitamente como me divertia a apanhar as uvas e como sentia que as pessoas à minha volta estavam felizes.
 Ah! E de como era chato apanhar os pequenos bagos que caiam no chão (tarefa destinada às crianças que não lhe achavam piada nenhuma).


Seja como for, a saudade bateu à porta e decidimos fazer as vindimas com TODAS a nossas uvas, o que nos rendeu uma riqueza de cerca de 3 litros de sumo que não chegou a ficar em vinho. Fermentou apenas um pouco e ficou um refrigerante de uva simplesmente perfeito :). Que delícia!
Ainda assim, não foi o sabor do sumo, foi o momento que escolhemos não deixar passar, que passámos juntos, verdadeiramente juntos. 


O processo em si foi simples mas os pequenos não viam muita naturalidade em pisar as uvas, preferiam comê-las à mão sem muito processamento. Explicámos à rapariga que esta era uma tradição para extrair o sumo da uva que mais tarde ia se converter em vinho. Ela não se mostrou muito tentada a pisar as uvas inicialmente, mas depois foi ganhando confiança e junto com o papá dançaram em cima dos tais baguinhos.

Sugestões caso queiram fazer a pisa das uvas com crianças em casa ou na escola:
- Colocar um plástico grande no chão (não fizemos e quem limpou, quem foi?)
- Utilizar um recipiente bem largo (também não fizemos e foi uma dificuldade em se movimentarem os dois lá dentro).
- Lavar o pés (antes e depois por razões óbvias).
- Colocar outra bacia somente com água para eles colocarem os pés quando terminarem de pisar e uma toalha. Assim retiram logo o excesso dos pés sujos e secam.
- As crianças nunca conseguem extrair a totalidade do sumo. Uma forma de aproveitar melhor será passar todo o conteúdo por um pano e espremer. Deste modo, aproveitam mais sumo e ainda filtram o que já fizeram.
- Utilizem uvas de qualidade, não aquelas red globe do supermercado porque não funciona (principalmente se quiserem mostrar o processo todo e falar de fermentação), não sei se são lavadas com algum produto antifúngico mas disseram-me que já experimentaram e não funciona, não fermenta.

comentário(s) pelo facebook:

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe a sua opinião! Obrigada :)