segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Momentos da maternidade: um pequeno desabafo

A maternidade é de facto uma experiência inesquecível! Se fantástica por um lado com todas as pequenas conquistas, os pequenos sorrisos, os laços de amor incondicional que se estabelecem, a verdade é que não é fácil, o que se traduz num grande cansaço às muitas vezes. Embora frequentemente refira o facto de adorar ser mãe a tempo inteiro, tenho também de vos confessar que há dias como o de hoje. Dias em que dá uma saudade louca de fazer outra coisa qualquer, dias em que as crianças não estão de bom humor (e a mãe também não), dias em que não apetece arrumar a casa e fazer comida, dias em que não apetece mais do mesmo. Nestes dias sinto um aperto no peito, uma vontade desregrada, uma sede enorme de me dedicar a outras coisas de que gosto, de me juntar a outros projetos, de fazer algo na pele de Débora e não apenas no corpo de mãe.

No sábado, dia de Histórias Vivas, visitaram-nos quatro crianças com as quais pude trabalhar e fazer algo de que gosto muito. Apesar da minha pequena também ter participado, na verdade nesse momento eu não era mãe, era a Débora que adora contar histórias aos pequenos e através delas trabalhar as mais variadas emoções.

A propósito da maternidade, hoje conheci uma página no facebook, Doodle Diary of a new Mum, basicamente é um livro de uma mãe onde são ilustradas as mais diversas situações da maternidade. Identifico-me com várias destas imagens e vocês?

9 meses de pesquisa... NUNCA estudei tanto para outra coisa 
Na gravidez realmente pesquisei bastante e ficava curiosa sobre qualquer coisa relativa à maternidade. Embora a minha estratégia foi preparar-me a mim para o parto escrevendo pequenos apontamentos num caderno, como os exercícios, massagens, informações relativamente a fraldas, ao processo do partos, etc. Se quiserem, qualquer dia falo sobre este caderno. Pode ajudar as futuras mamãs :)

Especializando-se na arte de comer com uma só mão
Sim, de facto já sou uma especialista, ficou fácil, fácil :) Agora os pequenos já comem sozinhos. Vá, há coisas que melhoram com o tempo. Toca a focar-se nisso.


Melhor conversa em semanas 
Isto de facto nunca me aconteceu, sempre conversámos bastante. O que ressalvo destas imagens é a falta de tempo para tudo, incluindo para uma boa conversa. Cá em casa o papá sempre deu um grande apoio, principalmente depois que o segundo nasceu. 

E então percebi... Sou um adulto
Sim, há um dia em que cai a ficha e vemos que somos gente grande. Pensamos que quando formos pais/adultos vamos saber tudo, sentirmos mais confiança, mas qual quê? Continuamos a ser os mesmos de antes, temos é mais responsabilidades. Alguém já me falou do luto da vida de antes. Sim, pode ser mesmo necessário. Ainda estou em processo. 

Tortura atual
É difícil, conheço bem esta necessidade!

Pequenas vitórias
Sim, e conheço este alívio também :D

Yap, já sei de onde vêm as dores no pescoço!



Não saímos tantas vezes. Quando saímos, parecemos um bocado desenquadradas. Noto que é difícil sim, recuperar parte da nossa identidade. Pelo menos inicialmente, depois vamos ganhando mais confiança outra vez.

Quanto cedo é demasiado cedo?
Ok, isto ainda não fiz (compreendo a sensação), mas já ataquei um ou outro mega chocolate preto bem cedo (e eu que nem gosto muito de chocolate, é pela sensação de drogada mesmo, eheh).

Um extraordinário cocó
É, pode acontecer! Não digo sujar a mãe mas ter que mudar TODA a roupa do bebé num dia de muito frio (em que por acaso é na casa de uma amiga e não tens assim tanta roupa para trocar). Depois, ele ainda consegue se virar e sujar mais uma coisinha ou outra.

Segunda-feira de manhã
Estão a ver a imagem? É, foi mais ou menos assim hoje de manhã!

Sexta-feira ao fim da tarde


E quando os amigos decidem passar inesperadamente só para dizer um "Olá"
Ahhh, até dá dor de barriga :p


E o resto do dia é só teu
Claro, o resssssssto do dia é só teu. No final de um longo dia, tens tipo duas ou três horas que podes fazer o que quiseres... E que tal dormir? E passou assim mais um dia. 

NÃO, não passou ainda! Ainda podes acordar umas vezes durante a noite e só vais desejar que chegue a manhã! E de manhã? Recomeça tudo outra vez :)



Não se preocupem! É só um desabafo num dia um pouco mais complicado. Não é sempre assim e ainda ontem, numa saída só com o papá (sim, porque às vezes sabe bem), conversámos sobre o quanto já tínhamos saudades deles, o quanto queríamos que eles estivessem connosco e lá fomos nós, comprar uma prendinha para eles. Bom início de semana a todos.

comentário(s) pelo facebook:

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe a sua opinião! Obrigada :)